Bacharelado vs. Licenciatura vs. Tecnológico: O Que São e Como Escolher Entre Eles

 

Quando estamos escolhendo um curso superior, é comum encontrarmos os termos Bacharelado, Licenciatura e Tecnológico. Tipo “Bacharelado em Matemática”, “Licenciatura em Letras”, “Tecnológico em Logística”...

Ninguém nasce sabendo o que essas coisas são, então pode ser bem confuso para quem está entrando no mundo de vestibulares, faculdades e cursos superiores. Por isso, vamos ver qual a diferença entre os títulos e como escolher entre eles!

Bacharelado

Quando alguém diz “curso superior/faculdade”, a imagem que vem na sua cabeça provavelmente é a de um curso de bacharelado. Até porque a maior parte dos cursos superiores são bacharelados.

Bacharelados duram de 4 a 6 anos, nos quais você estuda a fundo uma área ampla. Quando você termina um Bacharelado, você é tipo… Pessoa que (teoricamente) sabe um pouco sobre muitas coisas de uma área bem grande.

Eu, por exemplo, sou formada em Psicologia, que é uma área gigante. Se você me perguntar sobre Psicanálise, Psicologia Social, testes de personalidade ou até sobre Antropologia e Neurociências, eu sei responder em linhas gerais. Mas se você quiser saber coisas super profundas e complexas sobre alguma dessas coisas, eu não vou saber.

Mesmo assim, o legal é que se eu decidir trabalhar com qualquer coisa de Psicologia, eu posso, porque eu já sei minimamente sobre cada coisa e aí é só continuar estudando.

É assim que você sai de um curso de bacharelado: com um conhecimento vasto e um tanto quanto superficial da sua grande área e com a possibilidade de trabalhar e se especializar em qualquer sub-área.

 

Licenciatura

Licenciatura serve para formar professores para o Ensino Fundamental e Médio.

Sabe todos os seus professores do colégio? Eles têm um diploma de Licenciatura.

Isso não significa que para ser professor você precisa necessariamente fazer Licenciatura. Professores de cursinho, por exemplo, não são obrigados a ter esse diploma. O professor da escola de inglês ou da academia também não. Nem professores particulares ou professores de cursos técnicos e profissionalizantes.

Dependendo do lugar, pode ser que prefiram professores que fizeram licenciatura, afinal, eles passaram uns bons anos na faculdade aprendendo sobre ensino e aprendizagem. Isso não significa que todos eles vão ser automaticamente professores melhores do que os que não têm Licenciatura (tenho certeza que você já teve um colega ou parente que te ensinou uma matéria melhor que um professor da escola), mas só eles podem ser contratados em colégios. 

Como a licenciatura é para formar professores do Ensino Fundamental e Médio, são só alguns cursos superiores que têm esse título. Como você já deve ter adivinhado, são aqueles que têm matérias no colégio: Português, História, Geografia, Matemática, Física, Química, Biologia, Filosofia, Sociologia, Psicologia, Arte, Música, Línguas Estrangeiras, Educação Física, Pedagogia, etc etc.

Lembrando que o nome da matéria pode não ser exatamente o nome do curso superior. Português e Línguas Estrangeiras, por exemplo, estão no curso de Letras. Sociologia é no curso de Ciências Sociais. E a licenciatura em Pedagogia é (entre outras coisas) para formar professores da Educação Infantil e do Ensino Fundamental I.

 

Tecnológico

Tecnológicos são cursos mais curtos, de 2 a 3 anos, voltados para o mercado de trabalho.

Isso significa que os cursos tecnológicos são mais práticos, próximos do dia a dia profissional, e focados em uma área específica, diferentemente dos bacharelados, que são amplos e pesados em teoria e pesquisa.

Então por exemplo, tem o bacharelado em Administração, onde você estuda a área imensa (mas não infinita) que é a Administração. Aí nos títulos de tecnológico tem "sub-áreas" da Administração, como Tecnólogo em Gestão de Recursos Humanos, Tecnólogo em Gestão da Qualidade, Tecnólogo em Gestão Comercial, Tecnólogo em Gestão Financeira, Tecnólogo em Marketing, etc etc. 

Mas os cursos tecnológicos não são só ligados à área de gestão e negócios. Eles existem em outras áreas como saúde, ambiente, lazer, comunicação e design. Se você quer conhecer mais sobre cursos tecnológicos, você pode checar esta super lista feita pelo MEC com todos os cursos tecnológicos do Brasil.

Detalhe importante: curso tecnológico não é igual a curso técnico. Curso técnico é de nível médio, curso tecnológico é de nível superior. Okay? Okay.

 

Mas Afinal, Qual Eu Devo Fazer?

Resposta óbvia: depende do que você quer. 

Mas vamos um pouco além da resposta óbvia.

Primeiro, veja quais títulos existem para o curso que você está pensando em fazer. Pode ser que só exista bacharelado e boom, pronto, escolha de título feita.

 

Se a dúvida for entre Bacharelado e Licenciatura... 

Em alguns cursos você pode entrar primeiro no bacharelado e começar a licenciatura a qualquer momento, então você faria disciplinas dos dois e se formaria com os dois diplomas. Nesse caso, você pode escolher depois que tiver entrado no curso e ficar tranquilo prestando só o bacharelado por enquanto.

Maaas existem outros cursos que têm o bacharelado e a licenciatura separados desde o início, e você precisa escolher um deles logo na inscrição do vestibular. Aí você já precisa pensar sobre o que você quer, no que gostaria de trabalhar, quais são seus objetivos fazendo faculdade, e tudo o mais. Talvez depois você até possa pedir transferência pro outro título se mudar de ideia, mas não é 100% de certeza que vai dar, então pare um pouquinho e pense qual faz mais sentido para você. 

Duas coisas que podem te ajudar a escolher entre bacharelado e licenciatura:

  • Compare as grades curriculares do bacharelado e da licenciatura. É só ir no Google e procurar “[nome da faculdade] + [nome do curso] + [título] + grade curricular”. Tipo “UNESP Letras licenciatura grade curricular”;

  • Converse com uma pessoa que se formou no bacharelado e uma que se formou na licenciatura para saber o que elas fizeram depois da faculdade, o que elas acharam do curso, como elas escolheram entre os títulos e que diferença realmente fez para elas fazer um ou outro. Um jeito de fazer isso é caçar pessoas no Facebook. É só achar o grupo da faculdade e do curso que você quer entrar, escolher alguém que parece simpático e mandar uma mensagem. Ou você também pode postar sua pergunta diretamente no grupo, sempre tem pessoas dispostas a ajudar!  

Se você não souber se tem que escolher entre um e outro logo de cara ou se você pode fazer os dois ao mesmo tempo, entre nos sites das faculdades e descubra qual é o caso. Se não estiver claro, ligue e pergunte! Sério. Vai levar dois minutinhos para esclarecer uma coisa super importante. 

 

Se a dúvida for entre Bacharelado e Tecnológico… 

Aí vai muito dos seus objetivos e das suas possibilidades no dia-a-dia.

Como cursos tecnológicos são mais curtos, práticos e focados, eles são ótimos para quem já trabalha e quer aumentar suas qualificações ou para quem quer começar a trabalhar logo.

E sim, o mercado de trabalho tem aberto espaço para tecnólogos e eles podem construir boas carreiras. Mas de forma geral o diploma de tecnólogo dá menos mobilidade profissional, o que significa que tecnólogos até podem ser promovidos em uma empresa, mas só até certo ponto (pelo menos até eles fazerem uma pós-graduação ou outras formações extras). 

Como bacharelado, licenciatura e tecnológico são todos cursos de ensino superior, você pode se especializar com cursos de pós-graduação depois não importa o seu diploma. 

Por isso, a única pessoa que pode decidir é você. Isso tudo vai depender dos seus objetivos, das suas possibilidades concretas de rotina, de eventuais necessidades financeiras ou desejo de trabalhar cedo e das possibilidades de carreira que você quer ter. 


Espero que agora você esteja mais preparado para escolher entre os títulos de bacharelado, licenciatura e tecnológico! Se ficou alguma dúvida, deixe um comentário ou mande um e-mail, pode se sentir à vontade por aqui!