9 Perguntas Para Fazer Na Sua Entrevista De Estágio

 

Talvez você já tenha participado de uma entrevista de estágio (ou de muitas entrevistas), ou talvez você esteja pensando em fazer um estágio pela primeira vez e ainda não sabe o quão desconfortável isso é (spoiler: muito).

No meu 3º ano da faculdade eu fiz várias entrevistas durante um semestre inteiro e não consegui nada. Nada. Fiquei frustrada porque eu sempre ouvia que fazer faculdade pública é um ~diferencial~, e se eu não tinha conseguido nenhum estágio fazendo faculdade pública, então o problema devia ser eu *autoestima foi lá pra baixo*.

Depois de um semestre recuperando a confiança, voltei à caça de estágios. E dessa vez eu consegui, no setor de Recursos Humanos de um colégio.

Era a minha vez de intimidar pessoas em entrevistas de estágio.

Brincadeira.

Mais ou menos.

Tendo passado pelos dois lados da mesa, percebi que entrevistas NÃO são uma forma de entretenimento sadista de pessoas de RH que têm poder e tempo demais nas mãos.

Entrevistas são apenas uma tentativa honesta de conhecer melhor as pessoas que possivelmente também vão trabalhar na empresa.

Lição de ouro #1: cada empresa é de um jeito, então geralmente os recrutadores estão procurando alguém que tem as habilidades necessárias para o cargo mas que também vá combinar com as pessoas queestão trabalhando lá.

Então se você não for contratado em uma empresa, não precisa necessariamente levar para o lado pessoal. Você pode ter todas as habilidades necessárias mas simplesmente não ser uma boa combinação com a equipe. E se for isso, é melhor pra todo mundo. Você não vai precisar fingir ser outra pessoa pra se ajustar à empresa nem ter problemas desnecessários de relacionamento.

Lembrar disso é ótimo porque - surpresa! - você não sabe que tipo de pessoa combina com a equipe. Então também não adianta fingir e fazer pose, agindo da forma que você imagina que deveria agir, porque isso até pode dar certo em um lugar mas ser um desastre em outro.

E lição de ouro #2: a entrevista serve para o recrutador te conhecer e te avaliar para o cargo, mas também serve para você conhecer a empresa e decidir se quer trabalhar lá.

Eu sei que pra muita gente “decidir se quer trabalhar em um lugar” soa como um luxo de gente privilegiada. Porque é mesmo. Mas se isso fizer parte das suas possibilidades, faça essa escolha conscientemente. Pode acontecer de você ir em uma entrevista que só dizia “área de marketing”, aí você chega lá e descobre que é uma área que você não tem o MENOR interesse.

Se isso acontecer, pare a entrevista lá mesmo, diga “Obrigado, mas não tenho interesse nessa vaga” e vá embora. Não continue sentado dando respostas horríveis e morrendo de raiva porque você perdeu sua aula favorita para estar lá e vai pagar R$40,00 de estacionamento de qualquer jeito. Não estou falando que fui eu mas também não estou falando que não foi.

Então aqui estão 9 perguntas que você pode fazer na sua entrevista de estágio, geralmente no final, quando o entrevistador pergunta se você tem alguma dúvida. Essa é a sua chance de clarificar qualquer ponto que ficou mal explicado e também de mostrar que você, sabe, se importa com aquela vaga e se preparou para a entrevista. Sempre bom né.

 

1. Como será o meu dia-a-dia aqui?

Para aqueles momentos em que o entrevistador descreve o seu trabalho usando um monte de termos técnicos e você fica “Okay… Mas o que exatamente é isso?!”

Tente conseguir respostas o mais concretas possíveis. Nada de (ler em tom pomposo) “auxiliar com o recrutamento e a seleção de novos candidatos”. Pergunte até chegar no ponto detalhado de “você vai selecionar currículos do nosso banco online de currículos, ligar para cada pessoa para marcar entrevistas e reservar as salas para as entrevistas lá na recepção”.

 

2. Como é a pessoa ideal para esse estágio?

Esse é o momento de checar se você se aproxima do que eles estão procurando. Provavelmente vão falar das habilidades que o estagiário já tem que ter (tipo inglês fluente e excel avançado), mas tente descobrir também o “perfil” da pessoa ideal. Por exemplo: uma pessoa super social e cheia do jogo de cintura que se dá bem com clientes logo de cara, ou uma pessoa que não se importa em ficar muitas horas trabalhando sozinha no mesmo projeto.

 

3. O que eu vou aprender aqui?

Sim, você pode cobrar isso. Porque estágio é para isso mesmo: aprender.

Fique alerta se o entrevistador ficar “Ahm… É… Você vai aprender sobre… Hm…” Pode ser que só estejam contratando um estagiário porque a lei obriga e na verdade eles querem um “funcionário”, que já sabe fazer tudo sozinho e nunca vai precisar de ajuda ou mentoria.

Outros pontos bons dessa pergunta é que você pode ver o que é aceitável você não saber desde o começo e também ver se você fica animado com a resposta. E óbvio, se passar 6 meses e você não tiver aprendido nada do que foi falado, você vai conseguir expressar sua insatisfação com argumentos sólidos. 

 

4. Quem será o meu mentor? Com quem vou trabalhar?

Pode ser “mentor”, “supervisor”, “superior imediato”, “chefe”... O importante é saber com quem você vai trabalhar mais diretamente no dia-a-dia. Também é ótimo descobrir se a equipe com a qual você vai conviver é grande, pequena, se só tem gente mais experiente, se tem outros estagiários e recém-formados…

 

5. Como eu saberei que estou indo bem ou que tenho pontos a melhorar?

Em linguagem empresarial, isso é o seu feedback. Vai ter alguém acompanhando o seu trabalho e dando dicas de como você pode melhorar? Quem vai fazer isso? Com que frequência? O que é "fazer um bom trabalho" nesse lugar e nessa vaga?

 

6. Há a possibilidade de ser efetivado?

Antes de fazer essa pergunta, você precisa decidir se ser efetivado é algo que você quer ou não.

Se falarem que estão procurando um estagiário com a expectativa de efetivá-lo e você não quer isso, saiba que em algum momento você vai frustrar alguém aí na história.

E se você quer ter a chance de efetivado e o entrevistador disser que não há essa possibilidade, você pode decidir se aceita o estágio mesmo assim, sabendo dessa condição, ou se ser efetivado no final é uma coisa da qual você não abre mão.

 

7. Como é a cultura da empresa?

“Cultura da empresa” é só um termo chique para “como as pessoas agem e se relacionam umas com as outras por aqui” + “o que valorizamos e recompensamos nessa empresa”.

Não que a resposta do recrutador vá ser um espelho fiel da realidade cotidiana de lá. Ninguém vai falar que rola bullying lá dentro ou que a galera é fofoqueira. Mas essa ainda é uma boa pergunta, que pode te dar uma ideia melhor de como é a vibe da empresa e te dar um parâmetro de comparação se você for contratado.

 

8. Tem algum ponto nas minhas habilidades ou experiência que te faz ter dúvidas sobre me contratar?

Essa pergunta exige coragem para ouvir a resposta. Mas também é A chance de resolver mal-entendidos, tentar se vender um pouco mais e ouvir um feedback imediato (apesar de que nem sempre ele será sincero).

 

9. O que vai acontecer agora?

Se o entrevistador já não tiver falado as próximas etapas do processo, pergunte. Tem alguma outra fase ou entrevista? Vão te dar a resposta por e-mail? Por telefone? Em quantos dias?

Dar uma resposta para os candidatos é o senso comum da cortesia, mas tem lugares que não respondem e te deixam no vácuo imaginando se aquela vaga ainda tá de pé. Pergunte pelo retorno, anote a data aproximada e se passar muito da data, dê uma ligada para saber como as coisas estão indo.

 

Essas perguntas não são as únicas que podem ser feitas na sua entrevista de estágio, mas são um bom ponto de partida. Tem alguma pergunta que você costumar fazer em entrevistas e que não foi listada aqui?